Campanha da Fraternidade 2020

 

Tema: Fraternidade e Vida: dom e compromisso

Lema: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10, 33-34)

“A Quaresma é tempo favorável para o mistério da dor e morte, da cruz, do Crucificado, vencedor da morte. Nele somos conduzidos à graça da vida plena. Por essa razão, o Evangelho abre nossos olhos para vermos a grandeza e a profundidade do viver em Cristo. Graças à escuta da Palavra de Deus percorremos um itinerário que nos deixa intuir a preciosidade da existência cristã e vivermos na liberdade e na verdade de sermos filhos e filhas de Deus. A escuta também é profecia: escutar a voz de Deus em sua Palavra ouvir a palavra daqueles que já não conseguem nada dizer!” (TB 24)

Na busca de transformação e santificação, a Igreja do Brasil, oferece às Comunidades, neste tempo de Quaresma, uma realidade para ser refletida, meditada, rezada. É a Campanha da Fraternidade que, este ano tem como Tema: “Fraternidade e Vida: dom e compromisso e como Lema: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10, 33-34) e que tem como objetivos:

Objetivo Geral:  Conscientizar, à luz da Palavra de Deus, para o sentido da vida como dom e compromisso, que se traduz em relações de mútuo cuidado entre as pessoas, na família, na comunidade, na sociedade e no planeta, nossa casa comum.

Objetivos Específicos:

  • Apresentar o sentido da vida proposto por Jesus nos Evangelhos;
  • Propor a compaixão, a ternura e o cuidado como exigências fundamentais da vida para relações sociais mais humanas;
  • Fortalecer a cultura do encontro, da fraternidade e a revolução do cuidado como caminho de superação da indiferença e da violência;
  • Promover e defender a vida desde a fecundação até seu fim natural, rumo à plenitude;
  • Despertar as famílias para a beleza do amor que gera continuamente vida nova;
  • Preparar os cristãos e as comunidades para anunciar, com o testemunho e as ações de mútuo cuidado, a vida plena do Reino de Deus;
  • Criar espaços nas comunidades para que, através do Batismo, da eucaristia e da Crisma, todos percebam, na fraternidade, a vida como dom e compromisso;
  • Despertar os jovens para o dom e a beleza da vida, motivando-lhes o engajamento em ações de cuidado mútuo, especialmente de outros jovens em situação de sofrimento e desesperança;
  • Valorizar, divulgar e fortalecer as inúmeras iniciativas já existentes em favor da vida;
  • Cuidar do planeta, nossa casa comum, comprometendo-se com a ecologia integral.