Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Notícias

  19/04/2017 
DIOCESE DE CRATO

Após 16 anos o Ceará ordenará mais um bispo e pela quarta vez esta nomeação é dada a um padre da diocese de Crato

No próximo dia 22 de abril, às 17h, a diocese de Crato viverá um momento histórico. Na Catedral de Nossa Senhora da Penha estarão reunidos cerca de 16 bispos, vindos de todo o Ceará e de outras localidades, para a celebração de ordenação episcopal do monsenhor Francisco Edimilson Neves Ferreira, eleito, em fevereiro, pelo Papa Francisco, bispo de Tianguá.

Também se espera a presença de mais de 100 padres da diocese de Crato e de outras dioceses, religiosos (as), leigos que vivenciarão a celebração do terceiro grau do Sacramento da Ordem. A última ordenação episcopal de um bispo do Ceará aconteceu há 16 anos, em 2001, e foi a de dom Plínio José Luz da Silva, hoje bispo da diocese de Picos (PI). Já na história centenária da diocese de Crato esta é a quarta vez que a nomeação episcopal é dada a um membro do seu clero, a primeira foi a dom Quintino Rodrigues de Oliveira e Silva, em 1915, a segunda a dom Joaquim Ferreira de Melo, em 1921, e a terceira a dom Newton Holanda Gurgel, em 1979.

A celebração terá como ordenante principal o bispo emérito da diocese de Crato, dom Fernando Panico. Dom Gilberto Pastana de Oliveira (bispo da diocese de Crato) e dom Francisco Javier Hernandez Arnedo (bispo emérito da diocese de Tianguá) serão os demais ordenantes. Os outros bispos participam como concelebrantes.

Nascimento, formação intelectual e pastoral

Natural da cidade de Jardim, monsenhor Francisco Edimilson Neves Ferreira nasceu em três de outubro de 1969. Zeloso às coisas sagradas, monsenhor ingressou no Seminário São José aos vinte anos. Em seguida, fora transferido, para o Seminário Regional em Fortaleza, onde concluiu os estudos no Seminário da Prainha, sendo licenciado em Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará.

Como padre, ordenado em 12 de dezembro de 1997, esteve à frente da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Crato. Também foi professor, prefeito de disciplina e diretor espiritual do Seminário Diocesano São José. Nomeado, depois, coordenador diocesano de pastoral, exerceu o cargo durante 14 anos. Soma-se, ainda, à sua missão, a vice diretoria do Colégio Pequeno Príncipe, desempenhada desde 1998. Seus últimos trabalhos, enquanto padre da diocese de Crato, foi o de cura da Catedral de Nossa Senhora da Penha e gerente executivo da Fundação Padre Ibiapina.

O lema episcopal do futuro bispo, retirado do Salmo 69, será: “O zelo por Tua casa me consome”. A escolha do versículo, segundo monsenhor Edimilson, faz alusão a sua trajetória nestes vintes anos de sacerdócio.

Ordenação episcopal

O Sacramento da Ordem possui a plenitude na Ordenação Episcopal. A Constituição Dogmática Lumen Gentium, no nº 18, diz assim: “Este Sagrado Concílio ensina e declara com ele que Jesus Cristo, Pastor Eterno, instituiu a Santa Igreja, enviando os apóstolos como Ele mesmo foi enviado pelo Pai, e quis que os sucessores destes, os bispos, fossem os pastores de sua Igreja até o fim do mundo”.

Como na ordenação diaconal (1º grau) e ordenação presbiteral (2º grau), os ritos centrais da ordenação episcopal está na imposição das mãos e oração consacratória, porém algumas ações diferenciam esta ordenação das demais como a imposição das mãos de todos os bispos presentes, que são concelebrantes na administração do sacramento, e o livro dos Evangelhos aberto que é colocado sobre a cabeça do ordenando, depois da imposição e antes da oração.

O ordenante principal reza a oração consacratória e os demais rezam, juntos, a parte que invoca o Espírito Santo sobre o candidato. Baseada no texto de Hipólito de Roma, a oração é um pedido ao Pai para que o ordenando obtenha o mesmo Espírito de governo que Jesus recebeu e transmitiu aos seus apóstolos para a edificação da Igreja.

Coletiva de Imprensa

Para facilitar a cobertura dos veículos de comunicação, uma coletiva de imprensa acontecerá antes da ordenação, às 15h30, no auditório da Cúria Diocesana, em Crato.

A coletiva deve acontecer até as 16h e todos os veículos serão atendidos. Participarão deste momento com a imprensa o monsenhor Edimilson Neves, dom Gilberto Pastana e dom Francisco Javier.

Reforçamos a informação que todos os veículos serão atendidos somente durante a coletiva, por isso pedimos a compreensão de cada um e a pontualidade no horário de início.

Pedimos também a confirmação de presença, até a próxima quarta- feira (19), através do e-mail assessoria@diocesedecrato.org ou do telefone (88) 99609-4000.

Fonte: www.diocesedecrato.org
Última atualização: 19/04/2017 às 10:07:26
 

Notícias Relacionadas

25/04/2017    Paróquias da Forania I participam de encontro formativo com a Pastoral do Dízimo
25/04/2017    Anunciado novo diácono permanente para a Paróquia de Mauriti
24/04/2017    Dom Pastana: “Todo encontro misericordioso com o Senhor é um encontro que gera vida”
24/04/2017    Novo “dom” para a Igreja do Ceará: Dom Edimilson Neves é ordenado bispo
24/04/2017    Em coletiva de imprensa, monsenhor Edimilson fala sobre a expectativa do pastoreio à frente da diocese de Tianguá
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.
 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

Rua Felino Barroso, 405 -  Bairro de Fátima  •  CEP: 60050-130  •  Fortaleza - CE
Caixa Postal 126 / 60001-970  •  Fone/Fax: (85) 3252-4046

  www.igenio.com.br