Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Outras Notícias - CNBB Nacional e Arquidiocese de Fortaleza

  10/10/2017 
DIOCESE DE SOBRAL

Estamos em guerra: casamentos descartáveis e famílias em segundo plano

Estamos em guerra

Parece meio lógico esse tema, não é? Mas de que guerra estamos falando aqui? Seria a da Síria? A guerra que não cessa na Terra Santa? As guerras urbanas que enfrentamos no nosso dia a dia? Não! De jeito nenhum! Essas guerras, todos já conhecemos. As que não conhecemos podemos assistir em um telejornal, pesquisar na internet ou até mesmo numa conversa informal com os amigos.A

Estou falando da guerra que as famílias estão enfrentando, dos casamentos descartáveis, onde qualquer obstáculo, por menor que seja, já é suficiente para desistir. E daí se fizemos votos? E daí se tivemos filhos? Hoje em dia, são tantos filhos de casais divorciados, que isso não surpreende ninguém nem faz diferença.

Adversário errado

Há algum tempo, assisti a um filme chamado ‘Quarto de Guerra’. Embora meu casamento não estivesse em crise, aquilo mexeu muito comigo, pois mostrava que, muitas vezes, lutamos contra o adversário errado. O demônio é o grande inimigo, é ele quem quer acabar com os casamentos, fazer você pensar que não vale a pena, que é só recomeçar e pronto.

Muitos dizem que o mundo está perdido, e, às vezes, eu também penso isso. Se for verdade mesmo, então, o que resta ao inimigo? Acabar com as famílias! E esta, quando se fere, machuca a base e todo o resto desmorona. Uma nação jamais poderá subsistir se a célula mater da sociedade estiver ferida.

Contra quem estou lutando?

Bom, voltando ao filme, fiz uma boa reflexão sobre meu matrimônio, sobre os passos que poderia dar para que as brechas fossem fechadas no meu relacionamento com meu esposo e com meus filhos, para que o inimigo não tivesse vez dentro da minha casa. Fiz até mesmo como no filme e criei meu “canto de guerra”, coloquei várias fotos da minha família, das várias etapas que vivemos, Palavras que o Senhor me deu em momentos de oração, cartinhas do meu filho mais velho. E assim toda manhã eu acordo e, ao me arrumar, vou vendo para que estou vivendo, para Quem estou vivendo e contra quem estou lutando. Se você não assistiu ao filme, vale a pena. Prepare o lencinho e abra seu coração.

Se você ainda é solteiro, já vai se entregando ao Senhor, para que a vontade d’Ele prevaleça em sua vida. Mais do que o seu desejo, que o sonho de Deus seja o seu sonho. Agora, se você já está casado, não ignore os sinais de destruição que o inimigo vai lançando sobre seu lar. Às vezes, ele atinge direto na relação do casal, seja o desgaste do tempo, a falta de diálogo, desemprego, traições, vícios, a falta de sintonia na hora de educar as crianças entre outros. Porém, quando ele não consegue atingir o casal, vai direto nos filhos, na maneira como os educamos ou deseducamos quando eles são pequenos; quando eles crescem, as crises e modinhas (autodestrutivas), próprias da adolescência. E quando ficam ainda mais velhos, com quem estão se relacionando, como estão vivendo… Enfim, uma preocupação sem fim!

Casamentos nulos

Quero fazer uma ressalva: é claro que existem casamentos que são nulos, ou seja, nunca deveriam ter acontecido, mas, por algum motivo, aconteceram e foram se tornando uma grande tragédia. Sendo assim, o divórcio e a nulidade são o caminho a ser tomado. Não podemos, no entanto, perder o foco, pois é o demônio nosso verdadeiro inimigo, é contra ele que lutamos e precisamos estar preparados.

Lute a sua guerra!

Lembro-me de uma música que ouvia na minha adolescência, durante as Missas de cura e libertação, quando ainda não era da Comunidade Canção Nova, mas já a frequentava assiduamente. Uma música extremamente forte, que, com certeza, tinha poder e unção, pois era impossível não sentir a força de Deus quando a cantávamos. Ela dizia assim: “Levanta-Te. Levanta-Te, Senhor. Que fujam diante de Ti Teus inimigos, se dispersem diante de Ti todos aqueles que aborrecem Tua presença. Tua presença reinará sobre todo império, Tua presença reinará e governará sobre todos os principados”.

Penso que esse já seja um bom começo para você juntar forças e começar a lutar a sua guerra. Pegue sua cruz, sua família e lute! Ore, ore sem cessar. Os tempos são difíceis, mas não impossíveis de vencer, pois temos o Cristo ao nosso lado e Ele já venceu a maior das batalhas. Sua família é responsabilidade sua, Deus a confiou a você. Então, você precisa estar preparado para a batalha. Ore, jejue e confie.

Deus é contigo.

Kelly Kruschewsky é professora no Instituto Canção Nova. Consagrada permanente na Comunidade Canção Nova, ela é casada com João Paulo Kruschewsky e mãe de três filhos: Pedro, Rafael e Elisa.

Fonte: www.diocesedesobral.com
Última atualização: 10/10/2017 às 07:57:41
 

Notícias Relacionadas

13/10/2017    Diocese de Sobral e Sindradio-CE promovem encerramento do Curso de radialistas da Zona Norte
13/10/2017    Celebração da Padroeira do Brasil à luz da palavra do Papa Francisco
10/10/2017    Diocese de Sobral e Sindradio-CE promovem encerramento do Curso de radialistas da Zona Norte
03/10/2017    Nota de Esclarecimento da Santa Casa de Misericórdia de Sobral sobre recebimento de verbas parlamentares
29/09/2017    Quarta paróquia criada por Dom Vasconcelos
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.
 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

Rua Felino Barroso, 405 -  Bairro de Fátima  •  CEP: 60050-130  •  Fortaleza - CE
Caixa Postal 126 / 60001-970  •  Fone/Fax: (85) 3252-4046

  www.igenio.com.br