Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Artigos

  14/11/2017 

Erecção da Paróquia São Francisco na Diocese de Sobral

Chama-se erecção canónica ao acto através do qual uma autoridade eclesiástica - geralmente, o bispo, a conferência episcopal ou o próprio Papa - reconhece e aprova os estatutos de uma dada instituição religiosa, como seja uma diocese, uma paróquia, um cabido, um instituto de vida consagrada (por exemplo, seminários ou abadias) ou de associações públicas de fiés.

 

No último domingo(12 de novembro) o Bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos realizou a ereção de mais uma paróquia para a Diocese de Sobral. A antiga área pastoral de Caiçara, localizada em Jijoca de Jericoacoara que tem como administrador o Padre Manoel Gilson, tornou-se a Paróquia de São Francisco de Assis. Diversos fiéis e devotos de São Francisco estiveram presentes durante a celebração.

Igreja Matriz

A Igreja de São Francisco, da Vila de Caiçara foi construída em 1880. A primeira Igreja foi construída com taipa e forquilha amarradas de cipó e coberta com telhas que foram transportadas de uma comunidade vizinha chamada Lagoa dos Monteiros pelos próprios moradores que trouxeram nos ombros, devido a dificuldade com transporte na época. 
O primeiro celebrante da nova Capela foi o padre José Arteiro Soares, que vinha de Sobral a Caiçara a cavalo. A primeira reforma aconteceu em 1914 quando recebeu uma nova estrutura, agora de tijolos. Foi inaugurada em 15 de novembro de 1914. A segunda reforma foi realizada em 1994, quando a Igreja também foi ampliada e recebeu piso de cerâmica e teve a sua frente mudada para o lado do Nascente. O trabalho foi realizado na administração do então Pároco Raimundo Ribeiro e contou com uma ajuda monetária da Ação da Adveniat, da Alemanha. 
A Igreja da Caiçara possui um excelente sino de 60 kg que foi doado por Mons. Sabino em 1947, vindo da Bahia. Inicialmente, a Capela de São Francisco pertenceu à Paróquia de Acaraú e era assistida pelo Mons. Sabino. Em 1958, com a criação da Paróquia de Cruz, passou a pertencer à nova Paróquia, sendo assistida por Monsenhor Edson Magalhães, posteriormente, por Cônego Manoel Valdery da Rocha que permaneceu até a criação da Paróquia de Santa Luzia, em Jijoca de Jericoacoara, em 1987, quando Caiçara passou a integrar a nova paróquia que teve como primeiro pároco, Padre Edmilson Eugênio do Nascimento, seguido por Padre Raimundo, seguidos pelos Padres Antonio Eudes, Francisco Lindomar Filomeno de Oliveira e, atualmente, José Fábio da Mota. 
Na década de 1950, Caiçara fez uma grande mobilização com o objetivo da criação de sua Paróquia, mas, por questão de conveniência pastoral acabou sendo instalada no então Distrito de São Francisco da Cruz, atual cidade de Cruz. Isso causou grande frustração em toda comunidade. Quando o Pe. Lindomar assumiu a Paróquia de Santa Luzia e conheceu a estrutura física, a tradição religiosa e a determinação do povo católico do Distrito de Caiçara, passou a incentivar à comunidade religiosa no sentido de criar uma Área Pastoral. Levou a proposta ao então Bispo de Sobral, Dom Antonio Fernando Saburido, que acolheu, com muito entusiasmo, a sugestão. 
A comunidade passou a contar com importante apoio do Monsenhor Edson Magalhães e do Vigário Geral da Diocese na época, Monsenhor Manoel Valdery da Rocha, que também foram importantes incentivadores e colaboradores para a instalação da Área Pastoral. Mons. Edson e Padre Filomeno de Oliveira fizeram reunião com os representantes das comunidades religiosas para debaterem o assunto e levaram proposta para o Conselho Presbiteral da Diocese, sendo devidamente aprovada. A Nova Área Pastoral foi então Chancelada na Cúria Diocesana pelo Decreto 013/2009 no dia 16 de julho de 2009, festa de Nossa Senhora do Carmo. 
Além da Igreja de 129 anos na Vila de Caiçara, a Área Pastoral conta com o Centro Pastoral Leopoldina Magalhães de Sousa, um refeitório completo, casa paroquial e nove templos religiosos nas seguintes comunidades: São Paulo, em Cavalo Bravo; São José e São Pedro, em Preá; São Francisco, na Vila de Caiçara; Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Paraguai; Nossa Senhora das Graças, em Sambaíba; Santa Rita de Cássia, em Formosa, e São Pedro, em Solidão.

 

Capelas
Preá – padroeiro São Pedro e São José.
Formosa – padroeira Santa Rita.
Cavalo Bravo – padroeiro São Paulo Apostolo.
Córrego dos Anas – padroeiro São Antônio.
Paraguai – padroeira Nossa Senhora do Perpetuo Socorro.
Sambaiba – padroeira Nossa Senhora das Graças.
Caiçara de Baixo – padroeiros Sagrada Família.
Alto Alegre -

 
Administradores paroquiais
Pe. Mailson Costa Souza – 09 de agosto de 2009 a 02 de Abril de 2011.
Pe. José Marcone Martins – 02 de Abril a 2014
Pe. Manoel Gilson Paiva - agosto de 2014 a atual

Por: Breno Mendes - Assessor de Comunicação da Diocese de Sobral 

Fonte: Diocese de Sobral
Última atualização: 14/11/2017 às 11:20:52
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente este artigo

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.
 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

Rua Felino Barroso, 405 -  Bairro de Fátima  •  CEP: 60050-130  •  Fortaleza - CE
Caixa Postal 126 / 60001-970  •  Fone/Fax: (85) 3252-4046

  www.igenio.com.br