Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Artigos

  06/12/2018 

Dom Sérgio: A CNBB se manifesta com frequência, mas nem sempre é divulgado

 

O presidente da CNBB explica que a entidade vai continuar sua missão profética, de anunciar o Evangelho e orientar a caminhada da Igreja.
 

Manuela Castro, Silvonei José - Cidade do Vaticano

Em entrevista à Rádio Vaticano, o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, o arcebispo de Brasília cardeal Sérgio da Rocha rebateu as críticas sobre a falta de posicionamento da CNBB sobre as principais discussões da atualidade brasileira. Segundo Dom Sérgio, a CNBB tem se manifestado com frequência, mas nem sempre a divulgação é eficiente ou o público não pesquisa o que já foi falado sobre determinado assunto. “As pessoas não procuram saber o que foi feito, o que foi dito. Nós temos pronunciamentos nos últimos anos sobre todos os assuntos de caráter social. Muitas vezes se cobra um posicionamento sem nem procurar saber se ele existe”, explica o presidente.

O arcebispo de Brasília esclarece que não cabe à CNBB se pronunciar sobre absolutamente tudo. Um exemplo de temática não explorada pela Conferência Episcopal é a de caráter político-partidário. “Nós não temos nos manifestado sobre governantes, sobre governos em si, mas sobre a realidade brasileira. Tomamos os critérios que vem da palavra de Deus, da Doutrina Social da Igreja e aplicamos às mais diversas realidades”.

Alerta para as "fake news"

Dom Sérgio ainda alerta que a CNBB também sofre com as chamadas “fake news”, as notícias falsas, sobre determinado assunto atribuídas à Conferência Episcopal indevidamente. “Muitas vezes se atribui à CNBB aquilo que não é da CNBB. Vale destacar que a Conferência tem como órgãos representativos a Assembleia Geral, o Conselho Permanente, o Conselho de Pastoral e a Presidência. Só esses falam em nome da instituição”, explica o presidente.

Por fim, dom Sérgio explica que a CNBB vai continuar sua missão profética, de anunciar o Evangelho, orientar a caminhada da Igreja e também denunciar aquilo que vai contra a ação evangelizadora e a doutrina da Igreja.  Ele também pede ajuda dos fiéis nessa missão: “é preciso que os católicos e os membros da Igreja valorizem os pronunciamentos da Conferência Episcopal e, é claro, procurem divulgar mais e colocar em prática nossos posicionamentos”.

 

Fonte: Vatican News
Última atualização: 06/12/2018 às 09:56:34
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente este artigo

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.
 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

Rua Felino Barroso, 405 -  Bairro de Fátima  •  CEP: 60050-130  •  Fortaleza - CE
Caixa Postal 126 / 60001-970  •  Fone/Fax: (85) 3252-4046

  www.igenio.com.br