Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Artigos

  24/12/2018 

Dom Leonardo Steiner: no Natal, celebramos o cuidado de Deus

Dom Leonardo Steiner: no Natal, celebramos o cuidado de Deus

Foto: Bruno Feittosa

“Ao celebrarmos o Natal, nós estamos celebrando o cuidado de Deus, que agora não envia mais outros, mas Ele mesmo”. A fala é do bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) aos colaboradores da Matriz da entidade, durante celebração eucarística das vésperas de Natal e em ação de graças também pelo ano de trabalho.

Dom Leonardo Steiner fez a reflexão a partir das passagens bíblicas, recordando que Deus sempre cuidou de seu povo, com Abraão, Moisés, os profetas, o rei Davi e depois com Jesus. “São Paulo recorda o cuidado de Deus, tem uma história de cuidado, não é algo que de repente desce do céu, é Deus cuidando do seu povo”, afirmou.

Segundo dom Leonardo, o cuidado de Deus é tão extremo que ele enviou seu próprio filho: “Ele mesmo vem, se faz um de nós para cuidar de nós. Vem dizer que a nossa humanidade é preciosa, que a nossa fragilidade é preciosa, que nós não devemos desprezar a nossa humanidade e a nossa fragilidade”. Para o secretário-geral da CNBB, Deus se faz menino e vem à terra mostrar “que é na nossa fraqueza que está a nossa grandeza”.

“Ele sofreu como nós até sofrer a morte. Mas sem o nascer de Deus não haveria salvação, sem o nascer de Deus não haveria libertação, não haveria uma nova compreensão da nossa vida, da nossa existência, do sentido do nosso existir. Sem o nascimento de Deus, não conseguiríamos compreender em profundidade o porquê de tanta dor, de tanto sofrimento na nossa vida ou na humanidade, por exemplo. Esses transtornos da nossa humanidade nós conseguimos ver e compreender quando começamos a meditar a fragilidade, a pequenez de Deus, a necessidade de Deus, a entrega de Deus”, explicou.

Essa condição de necessidade na qual Deus se coloca, ao se tornar como um dos seus filhos, é admirável, propõe dom Leonardo: “Isso quer dizer para nós cuidarmos de nossa fragilidade, da nossa humanidade, de nós mesmos, porque Deus veio cuidar de nós. Isso diz para cuidarmos uns dos outros, em casa, nas nossas famílias, ter essa preocupação um com o outro, o perdão”.

A admiração se torna assim expressão de fé: “a nossa fé tem algo extraordinário. Baseado no nascimento de Deus em Jesus, a nossa fé deveria ser de admiração, pois Deus foi tão próximo, tão palpável, ‘tão nós’. Não como outro de nós, ‘tão nós’ ele é”.

Ao final da celebração, dom Leonardo Steiner manifestou, em nome dos outros membros da Presidência da CNBB, votos para o Natal e para o ano de 2019.

Fonte: CNBB
Última atualização: 24/12/2018 às 11:37:17
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente este artigo

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.
 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

Rua Felino Barroso, 405 -  Bairro de Fátima  •  CEP: 60050-130  •  Fortaleza - CE
Caixa Postal 126 / 60001-970  •  Fone/Fax: (85) 3252-4046

  www.igenio.com.br